Ritual da bênção de uma residência

RITUAL DA BÊNÇÃO DE UMA RESIDÊNCIA
(Da Congregação para o Culto Divino – Vaticano)


Visitador: Estamos reunidos para invocar as bênçãos de Deus a todos os moradores desta casa e a esta residência
Deus é a fonte e origem de toda a bênção. É o bendito acima de tudo. O Deus de bondade que fez todas as suas criaturas. Mesmo depois do pecado dos primeiros pais, Ele sempre abençoou, em sinal de misericórdia.
Na plenitude dos tempos, o Pai enviou seu Filho, que se fez Homem. Por meio dele abençoou, de novo, os homens com toda a sorte de bênçãos espirituais. Cristo Jesus, é a bênção máxima do Pai.  Ele apareceu no Evangelho abençoando os irmãos, especialmente os humildes, os enfermos, as crianças.
A bênção foi uma tradição que cresceu no povo de Israel. “Deus concedeu aos patriarcas, aos reis, aos sacerdotes, aos levitas e aos pais o dom de bendizer a Deus e, em seu nome, cumular de bênçãos divinas as outras pessoas e as coisas criadas.
De muitos modos a Igreja exerce esse ministério da bênção, sob a ação do Espírito Santo. Através de seus ministros, a Igreja continua abençoando, em nome de Jesus. Iniciemos, pois, o ritual da bênção, conforme a liturgia da Igreja.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Visitador: Esta visita que fazemos, em nome do pároco, faz parte do Projeto Missionário da Paróquia. Quer “significar também a presença de Cristo nesta Casa trazendo a paz e a alegria para todos vós. E isso irá se realizar agora, principalmente, pela Palavra de Deus e pela oração da Igreja”.
(Escolher uma das leituras)
Mt.7,24-28  OU  Mt. 11, 25-30 OU  Mc. 11, 20-26. OU Jo. 14, 21-25..OU..Jo. 16, 23b-28

Vamos invocar, com gratidão e alegria, o Filho de Deus, Senhor do céu e da terra, que, fazendo-se homem, veio habitar entre nós e digamos: “Ficai conosco, Senhor!”

– Senhor Jesus Cristo, que com Maria e José santificastes a vida de família, dignai-vos ficar conosco nesta casa para que vos sintamos nosso hóspede e vos veneremos como nosso chefe.

– Todo edifício unido vós o transformais num templo santo; fazei que os residentes desta casa se transformem numa habitação do Espírito de Deus.

– Ensinastes os vossos fiéis a construírem sua casa sobre pedra firme; concedei que esta família tenha uma vida modelada por vossas palavras e, afastada toda desunião, vos sirva de alma e coração abertos.

– Senhor, fostes carente de casa própria e aceitastes, na alegria da pobreza, a hospitalidade dos amigos; fazei que todos os necessitados de habitação encontrem, com nossa ajuda, uma moradia digna.

– Senhor Jesus Cristo que santificastes a vida de família junto com Maria e José, ensinai a todos os que moram nesta casa a pôr em prática, uns para com os outros, a doação de si mesmos, que governa e fortalece a vida de família.

Pai Nosso
Oração da Bênção
Visitador: Favorecei, Senhor Jesus, os vossos filhos que pedem com humildade vossa bênção para a sua residência; sede refúgio para os que aqui moram, companheiro dos que saem, hóspede com os que entram, até o dia de terem, todos, feliz acolhimento na casa do vosso Pai. Vós que viveis e reinais para sempre.
Todos: Amém.
(O Visitador pode aspergir com a água benta todos os compartimentos da casa)
Bênção de Família

Visitador: (vamos estender nossas mãos)
Deus eterno, que com bondade paterna não deixais de atender às necessidades dos homens, derramai a abundância da vossa bênção sobre esta família e esta casa;  e santificai os seus moradores com o dom de vossa graça, para que, cumprindo os vossos mandamentos e desincumbindo-se dos encargos do tempo presente, cheguem um dia à mansão celeste para eles preparada. Por Cristo, nosso Senhor!.
Todos: Amém!

( O Visitador asperge a água benta sobre todos os presentes)

Visitador: Que a paz de Cristo reine em nossos corações; que a palavra de Cristo habite constantemente em nós, para que tudo o que fizermos em palavras e obras, o façamos em nome do Senhor.
Todos: Amém!

(Texto elaborado pelo Côn. Luiz Carlos F. Magalhães, da Paróquia N.S. das Graças, Campinas, conforme Ritual de Bênçãos, Ed. Paulinas-Vozes, para o Projeto Missionário, ano de 1996)